A Psicoterapia de Crianças usa como referencial o sofrimento da própria criança, de forma a ajudá-la a encontrar meios e comportamentos eficientes para lidar com as situações geradoras de sofrimento emocional, melhorando, deste modo, o seu bem-estar. Para tal, valorizam-se as necessidades particulares da criança, utilizando recursos lúdicos para abordar o mundo infantil e trabalhar estes aspetos emocionais numa linguagem que seja compreensível para a criança.

Os comportamentos-problema das crianças podem estar associados à falta de recursos e de estrutura psíquica para lidar com situações adversas e difíceis, como a separação dos pais ou mudança de escola.

A intervenção Psicoterapêutica em Crianças pode ajudar numa variedade de situações, como por exemplo:

  • Baixo rendimento escolar;
  • Comportamentos agressivos;
  • Timidez;
  • Enurese noturna;
  • Hiperatividade;
  • Dificuldades de interagir com outras crianças ou familiares;
  • Depressão;
  • Obesidade.

 

Captura de ecrã 2018-01-10, às 19.34.42